Camp Half-Blood a new hope.

Camp Half-Blood will participate in this mythological adventure.
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Parede de Escalada.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tártaro Ω
Indefinido
Indefinido
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/04/2012
Idade : 20

Ficha Olimpiana
Vitalidade:
10000/10000  (10000/10000)
Energia:
10000/10000  (10000/10000)
Arsenal:

MensagemAssunto: Parede de Escalada.   Sab Abr 21, 2012 10:54 am


Em uma caverna do acampamento, se encontra a parede de escalada, uma parece realmente alta, em média cinco metros de altura, com pequenas frestas na rocha, onde os campistas colocam suas mãos e pés para escalar. Lava e pedras incandescentes costumam cair do topo da parede, como uma desafio amais, para os campistas.
A parede é muito utilizada em atividades, dando ao primeiro que chegar ao topo, prêmios em Dracmas, itens e xp.



Código:
Regras:

- Só se pode postar a cada três dias.
- No mínimo dez linhas, quanto mais explicado, mais recompensas.
- Interprete a lava caindo e você desviando, nada de subir e nenhuma lava chegar perto de você, tenha senso.
- Caso o post seja bom e bem detalhado, sem erros de português e com senso, você pode ganhar até: 100 dracmas, 50 xp e um item especial.
- Posts regulares, darão pequenos ferimentos, curáveis.
- Posts irregulares, podem levar a perda de um membro, ou MORTE. Então, pense bem antes de postar qualquer coisa, não teremos "piedade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katherine Lynch
Indefinido
Indefinido
avatar

Mensagens : 1
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 21

Ficha Olimpiana
Vitalidade:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Parede de Escalada.   Ter Abr 24, 2012 7:41 pm

Eu já estava no acampamento meio sangue a bastante tempo e nunca havia experimentado a parede de escalada, pois existia um certo receio quanto a isso, afinal, eu já vira muitos campistas saírem feridos de lá e eu sempre odiava me machucar em treinamentos.
Pela primeira vez desde que eu chegara ao acampamento meio sangue, eu havia saído do chalé de Zeus sem armas e usava uma roupa o mais leve possível, já que eu precisaria de agilidade na parede.
Eu vestia uma calça de ginastica preta que ficava um pouco apertada e uma blusa do tom azul céu sem mangas, nos pés um all star velho camuflado e um rabo de cavalo bem feito na cabeça.
Enquanto seguia em direção a parede de escalada, eu ficava observando o acampamento, eu o achava muito bonito, e havia sentido de fato muita falta dele.
Pela primeira vez estava diante da parede de escalada, e a impressão que ela me passou foi de que não era tão fácil quanto parecia, eu podia ver uma filha de ares quase no topo enquanto se protegia de lava e pedras enormes que pareciam descer de algum lugar do topo, quando ela finalmente atingiu o topo a parede pareceu parar de tentar derruba-la e vi um sorriso cansado em seu rosto.
...
Enfim era minha vez, meu coração já estava acelerado e minhas mãos começavam a gelar e soar, mas eu não desisti e caminhei até a parte mais baixa da parede, e assim que encostei uma das mãos na parede, senti-a esquentar e olhei pra cima, notando então que lava começava a escorrer de algumas partes.
Não tive tempo para pensar, me agarrei com as duas mãos na parede e comecei a subir ao mesmo instante que pedras começaram a rolar da parte de cima, as primeiras pedras foram pequenas e consegui me esquivar delas quando deixei pender a parte direita do corpo e assim que elas passaram por mim voltei a me segurar com as duas mãos, enquanto isso o suor escorria pela minha testa e o pior, pelas minhas mãos, tornando a subida ainda mais difícil, pois mal conseguia me segurar sem escorregar.
Para desviar das lavas não era algo tão difícil como eu imaginara a principio, afinal eu só precisava mudar de apoio, mas algumas vezes quando pedras eram soltas do teto, elas batiam na lava e respingos da mesma às vezes me atingiam, e cheguei a quase cair uma ou duas vezes quando os respingos acertaram minha mão esquerda fazendo meus olhos encherem d’agua.
Eu tinha sempre que olhar para o teto, para saber o quanto faltava para chegar e para ver se alguma pedra ameaçava cair, afinal, eu não queria correr o risco de levar uma daquelas pedras na cabeça.
Na metade da escalada eu começara a achar que havia pegado o jeito, mas havia cometido um grande equivoco que quase me fez despencar.
Algumas pedras das quais eu me segurava se rompeu e quase me derrubou já que eu havia apoiado todo o meu peso na mão que a segurava, cheguei até a escorregar um pouco mas consegui me segurar em outra antes que mais algo desse errado, agora na metade do caminho não tinha que me preocupar só com a lava e pedras que caiam do topo, agora também tinha que me preocupar com rochas que se soltavam.
...
Não demorou muito e eu finalmente consegui chegar ao topo, eu estava soada, arranhada, e machucada, mas estava extremamente feliz por ter chego ao topo, eu havia enfrentado pedras enormes, lava, e havia escorregado muitas vezes, mas finalmente eu havia conseguido.
Descer de fato foi um problema, pois eu começava a sentir a dor de minhas queimaduras nas mãos, e precisei da ajuda de um filho de Apolo, o que para mim acabou sendo meio humilhante.
Quando enfim estava melhor, decidi voltar ao meu chalé e tomar um banho para descansar um pouco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tártaro Ω
Indefinido
Indefinido
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/04/2012
Idade : 20

Ficha Olimpiana
Vitalidade:
10000/10000  (10000/10000)
Energia:
10000/10000  (10000/10000)
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Parede de Escalada.   Qua Abr 25, 2012 9:29 pm

Belo post. 45 Xp + 100 dracmas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jim Raynor
Indefinido
Indefinido
avatar

Mensagens : 2
Data de inscrição : 25/04/2012

Ficha Olimpiana
Vitalidade:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Parede de Escalada.   Qui Maio 03, 2012 5:57 pm

Já estava no final do dia e eu me encontrava no chalé de Hades, eu não tinha nada para fazer lá, estava sentado em minha cama e usava uma calça jeans e uma camiseta toda preta, mas eu estava descalço. Espreguicei-me e fiquei de pé na cama, olhei a minha volta e decidi que eu iria dar uma volta, pulei para o chão fazendo barulho ao encontrar o piso de madeira, calcei meus tênis All Star e me dirigi até a porta que levava até o primeiro andar.
Olhei tudo mais uma vez e sai do chalé, Hipérion começou a abanar o rabo quando me viu, fui até ele e comecei a lhe fazer carinho, como ele estava deitado foi fácil subir em suas costas, encostei com os calcanhares em sua barriga e ele entendeu o que eu queria. Ele pôs de pé e esperou para me ouvir falar:

Bom garoto... ▬ Disse passando a mão por sua pelagem lisa, logo em seguida continuei:Vamos até a Parede de Escalada.
Montando Hipérion chegamos a parede em poucos minutos, olhei para ela e pude perceber sua magnitude, a parede devia ter uns cinco metros de altura, rochas incandescentes e lava caiam pelo topo, pequenas frestas estavam no caminho até o topo. Além de mim e de meu Cão Infernal, não tinha ninguém nas proximidades da parede, bocejei e olhei ao longe, vários campistas já se reuniam no Anfiteatro, mas eu estava com sono e preste a escalar uma parede de cinco metros de altura.
Pedi para Hipérion se abaixar e desci de suas costas, pedi para que ele ficasse ali e caminhei até a parede, olhei para o topo, ela parecia ser bem maior de perto, fiz um rápido alongamento e tirei os tênis e a meia, após estar descalço comecei a escalada, coloquei uma mão na primeira fresta que achei, logo em seguida coloquei a outra mão numa mais acima, fiz isso até que eu pudesse estar com todo o corpo apoiado em frestas, foi então que as pedras começaram a cair, de primeira veio uma pedra de tamanho razoável, segurei-me em uma fresta nordeste de onde eu estava e segurei nela com as duas mãos, dessa forma larguei todo o meu corpo lá e escapei da rocha, fiz um grande esforço para me manter, mas logo pude retornar um pé para uma das frestas cujo eu havia saído, subi mais um pouco e começaram as dificuldades com a lava, pequenos rios de lava bifurcados se formavam pelo caminho, tive que segurar em algumas pedras não confiáveis para escapar de rochas incandescentes, e lançar o meu corpo para cima pegando impulso e tentando não ficar na rota da lava, então me desesperei, quando lancei meu corpo para cima, fiquei apoiado em um pedaço de rocha no qual eu podia me manter de pé, o fato foi que ele havia começado a tremer, e eu não conseguia ver mais nenhum ponto seguro no qual me apoiar, olhei para baixo e pensei que eu devia ter subido uns 2,5 metros, porém eu vi uma pequena pedra na rota da lava, se eu fosse rápido o suficiente para pular nela e me agarrar a fresta mais próxima antes de cair e da lava chegar nela, eu estaria bem.
Calculei que a lava levaria pouco tempo para chegar até a pedra, mas era tudo ou nada, pulei rapidamente na direção da pedra, e me apoiando na própria parede, subi alguns centímetros e me agarrei a uma fresta no meio da lava, fui descuidado e uma rocha incandescente me atingiu no braço, era pequena, então só me queimou um pouco, aproveitei a superfície áspera da parede para subir mais um pouco e por os pés na fresta, assim eu pude me segurar em um pequeno pedaço de rocha lisa, fiquei de modo que meu corpo estivesse coberto por ela, assim a lava passava por ela e abria dois caminhos, rochas que caiam do topo não podiam me atingir, de qualquer modo a região à minha volta estava bem quente e assim que foi possível eu me lancei para um segundo pedaço de rocha plano, subi em cima dele e comecei a subir rapidamente por entre pedras, desviar das rochas estava ficando quase fácil, meu maior problema era a lava e a fervura do local, em certa hora eu me agarrei a uma pedra e ela se soltou, por pouco não levei uma queda de quatro metros de altura, o que aconteceu foi que em um movimento rápido, achei por acaso uma pequena fissura na parede, me segurei nela e logo voltei para o espaço vazio onde a pouco tempo atrás havia uma rocha, quando eu estava prestes a chegar no topo, uma rocha pontiaguda cortou minha calça jeans e minha pele, exclamei de dor e quase me soltei, agora a ferida aberta jorrava sangue e eu estava prestes a soltar as mãos, pelo fato do fluxo de magma ser mais intenso perto do topo, o calor aumentava e a lava vinha em porções maiores, em um ato rápido, me soltei e joguei todo o peso sob a pedra que me ferira, com o peso de meu corpo e o impacto rápido, ela cedeu e rachou, esperei o máximo que pude, e assim que a lava passou por onde eu estava anteriormente, pulei para lá e quase gritei de dor ao sentir que a rocha estava quente, muito quente.
Dobrei minha velocidade graças as queimaduras e sangramentos e cheguei ao topo da parede, ao chegar lá em cima, deitei-me e bocejei,
"Missão concluída com êxito." Pensei. Arranquei um pedaço de minha calça e amarrei em volta do ferimento, assim eu consegui estancar o sangue.
Só aí percebi que eu estava todo suado, meu sangue estava hiper quente, minha camiseta estava toda rasgada e minhas mãos ardiam em protesto aos meus atos, pensei em tão em como eu iria descer, assoviei e Hipérion se aproximou, todo esse tempo ele havia ficado sentado me esperando, ele viu que eu fiquei de pé e captou a mensagem, ele era de fato um cão muito esperto, ele deitou sobre as quatro patas e ficou o mais perto o possível da parede, preparei-me e gritei enquanto pulava:

Espero que isso seja uma boa ideaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
Caí sobre as costas de Hipérion e não me machuquei muito, ele soltou apenas um pequeno gemido e levantou-se seguindo para meu refeitório, acariciei atrás de sua orelha como agradecimento, quando chegamos ao chalé de Hades, ele se abaixou e eu consegui descer, acariciei sua cabeça e disse que ele podia ir brincar na floresta se quisesse, ele abanou o rabo e correu por entre a escuridão, em pouco tempo eu não conseguia mais vê-lo. Adentrei meu chalé e fui tomar um banho, para depois, tratar dos ferimentos.[/b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hécate Ω
Deus Menor
Deus Menor
avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/04/2012
Idade : 21

Ficha Olimpiana
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Parede de Escalada.   Sex Maio 04, 2012 8:50 pm

Gostei muito do post

Exp: 50 + 100 dracmas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://half-bloodrpgbr.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Parede de Escalada.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Parede de Escalada.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ~Parede de Escalada~
» Parede de Escalada
» Revolta dos olimpianos
» Os Quadros Gêmeos (Crônica Oficial)
» [+16] Blein [+16]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Camp Half-Blood a new hope. :: Colina Meio-sangue. :: Parede de Escalada-
Ir para: